Em Dubai, Seleção Brasileira inicia caminhada na 1ª Etapa da Série Mundial de Sevens Feminino

Em Dubai, Seleção Brasileira inicia caminhada na 1ª Etapa da Série Mundial de Sevens Feminino

Meninas do Brasil encaram Nova Zelândia, França e Rússia, nesta quinta-feira (3), pela competição

 

Dubai (EAU) – Com foco total, a Seleção Brasileira Feminina de Rugby Sevens está concentrada, em Dubai (EAU), para a disputa da 1ª Etapa da Série Mundial da categoria. A competição acontecerá nestas quinta (3) e sexta (4) e dará largada para a temporada 2015/16.

 

As meninas do Brasil figuram no Grupo A do torneio, ao lado de Nova Zelândia, França e Rússia. No início da semana, a delegação embarcou para o local das partidas. Chris Neill, técnico da Seleção tupiniquim, intensificou a preparação e trabalhou aspectos físicos, táticos e técnicos da equipe.

 

“O torneio representa um grande desafio para nós. Durante a pós-temporada, pudemos trabalhar o desenvolvimento de habilidades individuais das jogadoras e termos a equipe em boa performance física. Na primeira fase, teremos jogos duros contra grandes seleções. É importante encararmos esses times, pois temos de atuar em nosso auge e também já pensando nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016”, comenta Chris Neill, técnico do time nacional.

 

Na última competição em que participou, o Torneio Valentin Martinez, a Seleção Brasileira teve grande desempenho e se sagrou campeã. Na oportunidade, Haline Scratut destacou-se e anotou até hat-trick (três tries na mesma partida).

 

As atletas convocadas para a 1ª Etapa da Série Mundial de Sevens Feminino são: Amanda Araujo (Niterói Rugby Football Clube), Beatriz Futuro Muhlbauer (Niterói Rugby Football Clube), Bianca Santos (São José Rugby), Edna Santini (São José Rugby), Haline Leme Scratut (Curitiba Rugby Clube), Isadora Cerullo (Niterói Rugby Football Clube), Juliana Esteves dos Santos (São Paulo Saracens Bandeirantes Rugby Club), Juliana Menezes (Charrua Rugby Clube), Luiza Gonzalez da Costa Campos (Charrua Rugby Clube), Maíra Bravo (São Paulo Athletic Club), Mariana Ramalho (São Paulo Athletic Club) e Raquel Kochhann (Charrua Rugby Clube).

 

A temporada 2015/16 da competição feminina conta com quatro etapas. A segunda acontecerá em Barueri, na Grande São Paulo, no próximo ano. EUA e Canadá fecham o calendário. O Brasil disputará o torneio em Dubai como seleção convidada.

 

Para mais informações, acesse o site da Confederação Brasileira de Rugby. Confira, abaixo, a tabela da competição e as atletas convocadas da Seleção Brasileira.

 

Grupos:

Grupo A: Nova Zelândia, França, Rússia e Brasil;

Grupo B: Canadá, Estados Unidos, Fiji e Irlanda;

Grupo C: Austrália, Inglaterra, Espanha e Japão.

 

3/12 (horário de Brasília)

8h20 – Jogo 1: Canadá x Fiji

8h42 – Jogo 2: Estados Unidos x Irlanda

9h4 – Jogo 3: Nova Zelândia x Rússia

9h26 – Jogo 4: França x Brasil

9h48 – Jogo 5: Austrália x Espanha

10h10 – Jogo 6: Inglaterra x Japão

11h16 – Jogo 7: Canadá x Irlanda

11h38 – Jogo 8: Estados Unidos x Fiji

12h – Jogo 9: Nova Zelândia x Brasil

12h22 – Jogo 10: França x Rússia

12h44 – Jogo 11: Austrália x Japão

13h6 – Jogo 12: Inglaterra x Espanha

14h13 – Jogo 13: Canadá x Estados Unidos

14h35 – Jogo 14: Fiji x Irlanda

14h57 – Jogo 15: Nova Zelândia x França

15h19 – Jogo 16: Rússia x Brasil

15h41 – Jogo 17: Austrália x Inglaterra

16h3 – Jogo 18: Espanha x Japão

 

4/12

5h – Jogo 19: Quartas de Final Ouro: 1º A x 2º melhor terceiro colocado geral

5h22 – Jogo 20: Quartas de Final Ouro: 1º B x Melhor terceiro colocado geral

5h44 – Jogo 21: Quartas de Final Ouro: 1º C x 2º A

6h6 – Jogo 22: Quartas de Final Ouro: 2º B x 2º C

7h52 – Jogo 23: Semifinal Bronze: 3º melhor terceiro colocado x 3º melhor quarto colocado

8h14 – Jogo 24: Semifinal Bronze: Melhor 4º colocado x 2º melhor quarto colocado

8h36 – Jogo 25: Semifinal Prata: Perdedor Jogo 19 x Perdedor Jogo 22

8h58 – Jogo 26: Semifinal Prata: Perdedor Jogo 20 x Perdedor Jogo 21

9h28 – Jogo 27: Semifinal Ouro: Vencedor Jogo 19 x Vencedor Jogo 22

9h50 – Jogo 28: Semifinal Ouro: Vencedor Jogo 20 x Vencedor Jogo 21

10h42 – Jogo 29: Disputa pelo 11º lugar: Perdedor Jogo 23 x Perdedor Jogo 24

11h4 – Jogo 30: Final Bronze: Vencedor Jogo 23 x Vencedor Jogo 24

11h32 – Jogo 31: Disputa pelo 7º lugar: Perdedor Jogo 25 x Perdedor Jogo 26

12h35 – Jogo 32: Final Prata: Vencedor Jogo 25 x Vencedor Jogo 26

13h3 – Jogo 33: Disputa pelo Terceiro Lugar Ouro: Perdedor Jogo 27 x Perdedor Jogo 28

13h28 – Jogo 34: Final Ouro: Vencedor Jogo 27 x Vencedor Jogo 28

 

Brasil: 1 – Amanda Araujo (Niterói Rugby Football Clube); 2 – Beatriz Futuro Muhlbauer (Niterói Rugby Football Clube); 3 – Bianca Santos (São José Rugby); 4 – Edna Santini (São José Rugby); 5 – Haline Leme Scratut (Curitiba Rugby Clube); 6 – Isadora Cerullo (Niterói Rugby Football Clube); 7 – Juliana Esteves dos Santos (São Paulo Saracens Bandeirantes Rugby Club); 8 – Juliana Menezes (Charrua Rugby Clube); 9 – Luiza Gonzalez da Costa Campos (Charrua Rugby Clube); 10 – Maíra Bravo (São Paulo Athletic Club); 11 – Mariana Ramalho (São Paulo Athletic Club) e 12 – Raquel Kochhann (Charrua Rugby Clube) .

 

Imagem: Fotojump/CBRu

 

Sobre a Confederação Brasileira de Rugby:

 

A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) tem o apoio do Comitê Olímpico do Brasil e do Ministério do Esporte, conta com o patrocínio máster do Bradesco e, como patrocinadores principais, Topper, Outback Steakhouse, Heineken, CCR, JAC Motors, Cosan e Unilever, através das marcas Dove Man Care e Kibon. Conta ainda com Alupar, CEMIG, Cultura Inglesa, Brookfield Incorporações, BR Properties e Localiza como patrocinadores oficiais. Também são fornecedores e apoiadores do rugby brasileiro Integralmédica, Cremer, Travel Ace, Fortify, Deloitte, JExperts,e Exact Target.

 

O rugby é o segundo esporte coletivo mais praticado no mundo, com quase 7 milhões de jogadores registrados e presente em mais de 170 países. No Brasil, são mais de 3,2 milhões fãs de acordo com o Ibope Repucom, mais de 300 agremiações esportivas e 60 mil atletas e praticantes, números que, somados à volta da modalidade ao programa olímpico nos Jogos do Rio 2016, fizeram a World Rugby (a federação internacional de Rugby) eleger o Brasil como prioridade estratégica de investimento.

 

Share this:

Leave a Reply

Imagem CAPTCHA

*